Ministro culpa desordem urbana por tragédia no RJ

São Paulo, 12 abr (EFE).- O ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, disse hoje que a desordem urbana é a responsável pela tragédia decorrente das chuvas e dos deslizamentos de terra no estado do Rio de Janeiro, que até o momento já deixou 231 mortos.

EFE |

"As grandes responsáveis pela tragédia foram a desordem urbana e a falta de fiscalização", disse Rezende à Agência Efe ao participar em São Paulo do lançamento do "Ano Brasil-Alemanha de Ciência, Tecnologia e Inovação 2010-2011".

Segundo o ministro, "o Brasil fez investimentos na parte de previsão meteorológica", fundamental para alertar as autoridades e a população sobre temporais como o que castigou o estado Rio de Janeiro na semana passada.

"Realizamos investimentos para formar pessoal, adquirir equipamentos e estamos com uma rede nacional de radares meteorológicos cujo plano vai estar pronto em 2010, mas as previsões necessárias (no Rio de Janeiro) foram feitas", apontou Rezende.

Depois da tragédia, a Prefeitura do Rio anunciou que oito favelas em áreas de risco serão removidas, causando o deslocamento de quase quatro mil famílias. EFE wgm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG