Ministro confirma 175 mortes de georgianos em conflito com Rússia

Tbilisi, 13 ago (EFE).- O ministro da Saúde da Geórgia, Aleksandr Kvitashvili, estimou hoje em 175 civis e militares as mortes georgianas após o recrudescimento do conflito na região separatista da Ossétia do Sul.

EFE |

"Nos últimos dias, aumentaram consideravelmente as vítimas civis", disse Kvitashvili.

Estes números abrangem os mortos georgianos registrados desde a última sexta-feira, quando explodiram ações militares entre as tropas da Geórgia e as forças separatistas da Ossétia do Sul.

Nesse mesmo dia, unidades do Exército da Rússia entraram na Ossétia do Sul e atacaram as posições do Exército georgiano dentro e fora da zona do conflito, em uma operação que Moscou qualificou como uma "imposição da paz".

O presidente georgiano decretou três dias de luto nacional, a partir desta quarta-feira, em memória às vítimas. EFE mv/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG