Ministro colombiano: McCain foi informado sobre operação para resgatar reféns

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, foi informado um dia antes sobre a operação militar que terminou com a libertação de 15 reféns em poder da guerrilha das Farc, revelou o ministro colombiano da Defesa, Juan Manuel Santos, em entrevista à televisão americana.

AFP |

Santos, entrevistado junto com o embaixador americano em Bogotá, William Brownfield, no programa do jornalista Larry King, da CNN, confirma assim afirmações anteriores de McCain neste sentido.

"Na noite de ontem (terça-feira), estava com ele (McCain) em Cartagena (Colômbia) e o levei com o presidente (Alvaro Uribe), e disse que a operação seria lançada. Pedi que, por favor, mantivesse a informação em segredo, porque seria uma operação muito, muito sensível", contou Santos.

Mc Cain "disse (...) 'boa sorte", continuou Santos.

McCain chegou à Colômbia na noite de terça-feira para uma visita, principal aliado e maior alvo de ajuda dos EUA no continente americano.

O anúncio da liberação dos reféns ocorreu minutos depois da partida do senador republicano, que segui para o México.

mr-arz/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG