Ministro britânico respalda plano francês de cooperação européia de defesa

Londres, 26 out (EFE) - O ministro da Defesa do Reino Unido, John Hutton, apóia um plano francês para uma maior cooperação européia em matéria de defesa, sempre que não comprometer outras missões. Acho que temos que ser pragmáticos sobre estas coisas, afirmou hoje Hutton em entrevista ao jornal dominical britânico The Sunday Times, e assegurou que é perfeitamente sensato trabalhar com os aliados europeus em missões militares. Para Hutton, a França é um de nossos aliados mais próximos, militarmente. Os franceses acreditam muito neste tipo de trabalho.

EFE |

Se nós podemos apoiá-los, deveríamos" fazer isso.

Sua posição, segundo o jornal, talvez incomode aqueles que acham que uma maior cooperação européia em defesa pode prejudicar a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), ao excluir os Estados Unidos.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, se mostrou favorável a que vários países unam forças para combater o problema da pirataria marítima no litoral da Somália.

Sobre a possível missão na Somália, Hutton indica que é "um bom exemplo" de como as forças podem ser utilizadas.

"Eu não sou um desses que odeiam a União Européia (e que acham) que tudo o que tiver a ver com a UE tem que ser por definição terrível. Acredito sinceramente que esse tipo de opiniões são patéticas", acrescenta.

De acordo com Hutton, "o trabalho do Reino Unido no mundo é fazer parte dessas alianças, essa é a melhor maneira de projetar poder, força e convicção no mundo todo. As pessoas que não entendem isso não entendem a natureza do mundo moderno". EFE vg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG