uma mancha para o Zimbábue - Mundo - iG" /

Ministro britânico diz que Mugabe é uma mancha para o Zimbábue

Londres, 24 dez (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores britânico, David Miliband, disse hoje que o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, é uma mancha para esse país e para a comunidade internacional, que não pôde garantir o cumprimento da vontade dos zimbabuanos.

EFE |

Em carta ao jornal "The Times", Miliband afirma que "qualquer pessoa em são julgamento se dá conta de que a má gestão de Mugabe acelera a submissão do Zimbábue no caos".

Mugabe rejeitou ontem novamente as críticas dos Estados Unidos e do Reino Unido a seu Governo e liderança, e especificou que não prestará atenção aos "comentários estúpidos" de George W. Bush.

O presidente zimbabuano também acusou os dois países de "comportamento ilegal", por fazer chamadas para que renuncie.

Washington e Londres disseram esta semana que o acordo assinado em setembro entre a governamental União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF) e o opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC) para formar um Governo de unidade não funcionará enquanto Mugabe estiver à frente do Executivo.

Apesar destas mensagens, o Ministério de Exteriores britânico recebeu críticas políticas e na imprensa por, supostamente, não estar fazendo o suficiente para resolver a crise no país africano.

Em sua carta ao jornal londrino, Miliband defendeu a atuação de seu ministério e lembrou que tanto ele quanto o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, pronunciaram-se publicamente a favor dos interesses do povo zimbabuano.

Miliband constata em sua carta que, por enquanto, seu Governo não defende a suspensão das relações comerciais com o Zimbábue - outro alvo das críticas -, mas recomenda às empresas britânicas que não tenham trato com a elite "responsável de atos repressivos e que subverte o processo democrático". EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG