Ministro britânico apóia campanha para medidas contra mudança climática

Londres, 8 dez (EFE).- O ministro do Meio Ambiente britânico, Ed Miliband, apóia uma campanha global como a organizada em 2005 contra a pobreza para que os Governos tomem medidas para combater a mudança climática.

EFE |

Em uma entrevista ao jornal "The Guardian" publicada hoje, Ed Miliband - irmão do ministro de Exteriores britânico, David Miliband - disse que, levando em conta as preocupações sobre a economia, a "mobilização popular" é necessária para ajudar os políticos a alcançar um acordo que limite a emissão de gases poluentes.

O ministro fez esta afirmação por ocasião da realização da XIV conferência da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática (UNFCCC), que começou em 1º de dezembro em Poznan (Polônia) e na qual representantes de mais de 190 países abordam durante duas semanas como alcançar um compromisso global para substituir o Protocolo de Kioto.

"Haverá pessoas que dirão que 'não podemos seguir adiante com um acordo sobre mudança climática, não é a prioridade'", especificou Ed Miliband, que acredita que esta situação pode ser compensada com "forças como a mobilização popular".

Sobre a campanha contra a pobreza disse que "foi um movimento em massa que foi necessário para obter um acordo. Sobre a mudança climática, é ainda mais difícil. Há gente que tem preocupações legítimas, seja negócios na Europa que estão preocupados com a concorrência, ou gente que (se pergunta) se isso é realmente necessário agora", acrescentou.

O ministro negou que seu objetivo seja colocar a responsabilidade sobre a mudança climática na população, e não nos políticos.

"A mudança política procede da liderança e da mobilização popular. E são necessárias as duas coisas", afirmou. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG