Ministro brasileiro vai à Guatemala discutir crise alimentícia

Guatemala, 18 ago (EFE).- O ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Miguel Jorge se reunirá com autoridades, empresários e especialistas da América Latina em setembro na cidade de Antígua, na Guatemala, para debater a crise mundial dos alimentos, informaram hoje os organizadores do fórum.

EFE |

Uma porta-voz do escritório na Guatemala da Associação Latino-Americana de Supermercados (Alas) disse à Agência Efe que o evento, será realizado entre 4 e 5 de setembro.

O congresso, que é organizado pela Alas, será inaugurado pelo presidente guatemalteco, Álvaro Colom, e contará com a participação de representantes de 17 países, assim como especialistas das Nações Unidas sobre o tema.

"O objetivo principal será analisar as conseqüências e impactos da crise mundial alimentícia, gerada pelo aumento nos preços dos combustíveis e dos grãos básicos, e buscar estratégias para fazer frente a esta situação", explicou a fonte.

O ministro Miguel Jorge assim como os ministros de Economia e Comércio da Nicarágua, Guatemala, México e da República Dominicana explicarão as estratégias e políticas públicas assumidas pelos seus Governos para combater esta crise.

A Alas reúne as principais cadeias de supermercados da América Latina, e tem como objetivo fomentar o livre-comércio entre os países da região, trocar tecnologia, e manter relações com os Governos. EFE cl/bm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG