Ministro alemão faz visita surpresa ao Iêmen

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, desembarcou na manhã desta segunda-feira para uma visita surpresa ao Iêmen, onde cinco alemães são mantidos como reféns há seis meses.

AFP |

Esta é a primeira visita de uma autoridade política ocidental ao Iêmen desde que o braço da Al-Qaeda neste país assumiu a responsabilidade pelo atentado frustrado, no dia de Natal, contra um avião nos Estados Unidos.

O ministro alemão, que estava em Abu Dhabi para uma visita ao Golfo, se reuniu no aeroporto com a colega iemenita Abu Bakr Al Kurbi.

Westerwelle terá uma reunião no palácio presidencial com o chefe de Estado do Iêmen, Ali Abdalah Saleh.

Uma fonte do governo iemenita afirmou na quinta-feira que cinco alemães, entre os quais há três crianças, e um britânico, sequestrados em junho no Iêmen, estão vivos.

dlc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG