Ministro alemão diz que Iêmen confirmou onde estão reféns

Sana, 11 jan (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, disse hoje, em Sana, que o presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh, informou o lugar onde estão os cinco reféns alemães sequestrados em junho do ano passado.

EFE |

"As autoridades iemenitas receberam há duas horas novas informações que indicam que se sabe o local onde estão os sequestrados", disse Westerwelle, em entrevista coletiva realizada junto com seu colega iemenita, Abu Bakr al-Qurabi.

O ministro alemão, que se reuniu com Saleh no Ministério da Defesa na capital iemenita, acrescentou que, embora a informação não pudesse ser confirmada, "isso dá uma esperança".

Além disso, mostrou seu desejo de que os reféns possam ser libertados, e agradeceu o Governo iemenita por seus esforços.

A visita surpresa do chefe da diplomacia alemã ocorre quatro dias depois de o vice-primeiro-ministro para Assuntos de Defesa e Segurança iemenita, Rashid al-Alimi, informar que os cinco reféns alemães e o britânico, sequestrados no Iêmen em junho do ano passado, continuavam vivos.

Alimi disse no dia 7 que, de acordo com as informações da inteligência iemenita, os reféns - incluindo três crianças alemãs - estão em três áreas ao norte de Sana (Guf, Saada e Marib).

Os reféns, junto com duas alemãs e uma sul-coreana, que foram assassinadas depois, foram sequestrados em 12 de junho do ano passado. EFE ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG