Berlim, 23 set (EFE).- O ministro das Finanças alemão, Peer Steinbrück, criticou hoje a falta de ambição do Reino Unido ao regulamentar os mercados financeiros e acusou Londres de defender suas vantagens competitivas, na véspera da cúpula do Grupo dos Vinte (G20, os países ricos e os principais emergentes), na cidade americana de Pittsburgh.

"É evidente que há um 'lobby' em Londres que quer defender com unhas e dentes sua vantagem competitiva", afirmou Steinbrück, em declarações antecipadas pela revista "Stern".

Steinbrück disse que o setor financeiro britânico gera 15% do Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido, enquanto, na Alemanha, os bancos só produzem 6%.

"Principalmente no Reino Unido", há reservas frente a uma regulamentação dos fundos de alto risco, acrescentou.

Apesar de tudo, o ministro se mostrou otimista de que, em Pittsburgh, será possível avançar no objetivo de melhorar o controle dos mercados financeiros.

"A política é, às vezes, como uma locomotiva, que custa a pegar velocidade, mas que, uma vez em andamento, tem cada vez mais potência para arrastar os vagões", disse.

A chanceler alemã, Angela Merkel, e Steinbrück interromperão amanhã suas respectivas campanhas eleitorais diante do pleito geral de domingo, ela com a União Democrata-Cristã (CDU) e ele com o Partido Social-Democrata (SPD) para assistir à cúpula de Pittsburgh.

EFE ih/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.