Ministério de Exteriores iraniano nega ter aceito convite dos EUA

Teerã, 14 mar (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores do Irã nega ter aceito oficialmente o convite dos Estados Unidos para participar da cúpula internacional sobre o Afeganistão, disse hoje o porta-voz Hassan Qashqavi.

EFE |

Qashqavi negou qualquer declaração a este respeito atribuída nos últimos dias a ele, ou qualquer outra realizada por outras pessoas neste sentido.

"O Irã ainda não tomou uma decisão", disse o porta-voz, citado pela agência de notícias local "Fars".

Na quarta-feira, Qashqavi afirmou que "o Afeganistão e o Irã compartilham uma longa fronteira, portanto, é natural que a segurança afegã seja uma prioridade para nós".

"Responsáveis iranianos já desempenharam um papel construtivo nas cúpulas internacionais prévias sobre o Afeganistão realizadas em Tóquio e Bonn", acrescentou.

Na sexta-feira, o vice-presidente iraniano para Assuntos Culturais, Esfandiar Rahim Mashaie, disse, em Ottawa, que Teerã aplaude participar de "qualquer" conversa com o Ocidente sobre o Afeganistão, mas precisou que o Irã não recebeu ainda convite "oficial" para participar de uma cúpula sobre o país.

Em 6 de março, durante uma visita oficial a Bruxelas, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, revelou o desejo de seu país de que o Irã participe da cúpula, que será realizada dias antes da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O convite foi entendido como o primeiro passo na nova doutrina de aproximação ao Governo de Teerã que a Casa Branca pretende aplicar.

    Leia tudo sobre: teerã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG