Mineiros morrem asfixiados no sudeste do Peru

Lima, 3 abr (EFE).- Três mineiros morreram asfixiados aparentemente por haver inalado substâncias tóxicas em uma mina situada na localidade de Rinconada, na região de Puno, ao sudeste do país.

EFE |

Os corpos foram encontrados a cerca de 300 metros de profundidade da cova da mina Quatro Amigos, onde aparentemente as máquinas que abastecem de oxigênio estavam apagadas, informou hoje a agência oficial Andina, sem precisar as datas do acidente.

Os mortos foram identificados como Pablo Cascana Ramos, de 50 anos de idade; Wilson Quispe Mamani, de 24 anos; e Jesus Huanca, de 25 anos.

As minas da Rinconada se encontram a mais de cinco metros de altura sobre o nível do mar, em uma zona onde se reportaram atividades de extração informal de ouro, acrescentou Andina.

Por seu lado, a "Rádio Onda Azul Notícias" informou que os mineiros foram trabalhar no dia 31 de março em uma mina do setor de Quatro Amigos, que atualmente se encontra abandonada. EFE watt/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG