Mineiros bolivianos planejam greve em protesto contra demissões

LA PAZ (Reuters) - A Federação Sindical de Trabalhadores Mineiros da Bolívia convocou uma greve em protesto por demissões feitas por empresas privadas, em momento de queda dos preços dos minerais. A Federação (Sindical de Trabalhadores Mineiros) decretou uma paralisação de 24 horas na sexta-feira, dia 9 de janeiro (...), em repúdio às decisões que os empresários privados, disse o líder sindical Guido Mitma à Reuters na quinta-feira.

Reuters |

O dirigente não pôde dizer quantos trabalhadores haviam sido demitidos até agora, mas mencionou que a subsidiária da Glencore no país, a Sinchi Wayra, havia demitido dezenas de trabalhadores e que outras empresas privadas haviam feito o mesmo. A Federação agrupa 15 mil trabalhadores.

(Por Eduardo Garcia)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG