Militares prendem o presidente de Honduras, Manuel Zelaya, diz secretário

Os militares prenderam neste domingo o presidente de Honduras, Manuel Zelaya, que estaria detido numa base aérea, informou o seu secretário particular, Enrique Reina, à imprensa.

AFP |

Reuters
O presidente de Honduras, Manuel Zelaya

"Militares levaram o presidente para a base aérea. Estamos fazendo uma denúncia internacional", disse o secretário.

Segundo testemunha ouvida pela Radiocadena Voces, quatro comandos de 200 soldados chegaram à casa do presidente às 06h (12h GMT).

Os militares deram "quatro tiros", saindo, depois, em três veículos.

No sábado, o presidente Manuel Zelaya prosseguia decidido a não ouvir a oposição generalizada das instituições do país e de grande parte da população, insistindo em realizar neste domingo uma consulta popular que autorizasse uma reforma constitucional permitindo sua reeleição.

As urnas e o material para a consulta, tachada de "ilegal" pela justiça, já estavam sendo distribuídos entre as 15.000 seções eleitorais de todo o país, chegou a dizer o presidente.


Leia mais sobre: Honduras

    Leia tudo sobre: golpehonduraspresidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG