Militares hondurenhos impedem família de Zelaya de chegar à fronteira

Os militares hondurenhos bloquearam a passagem do comboio que levava a família de Manuel Zelaya, à fronteira entre Honduras e Nicarágua, onde se encontra atualmente o presidente deposto, informou o canal de TV venezuelano Telesur.

AFP |

A esposa de Zelaya, Xiomara Castro, pediu aos militares que a deixassem "acompanhar o presidente de todos os hondurenhos", segundo a Telesur.

"Estou triste pelo que está acontecendo em nosso país, triste de ver hondurenhos em conflito com outros hondurenhos", lamentou Xiomara Castro, acompanhada de seus filhos, José Manuel e Xiomara Hortencia, além de sua mãe e sua sogra.

A família Zelaya quer se encontrar com o presidente deposto na localidade nicaraguense de Las Manos, na fronteira de Honduras, para voltar em seguida com ele a seu país.

O governo de fato em Honduras avisou que Zelaya será detido se tentar voltar.

jt/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG