violaram o espírito olímpico , diz agência da China - Mundo - iG" /

Militantes pró-Tibete de Londres violaram o espírito olímpico , diz agência da China

O comportamento dos militantes pró-Tibete que realizaram uma manifestação em Londres durante a passagem da chama olímpica representa uma violação grave do espírito olímpico, considerou nesta segunda-feira a agência oficial Xinhua (Nova China).

Redação com agências internacionais |

Alguns manifestantes pró-tibetanos "tentaram sabotar o revezamento da chama olímpica tentando tomar a tocha, apagá-la ou ainda interromper seu percurso", acrescentou a agência.

"Qualquer ato, inspirado por posições políticas, destinado a incitar indivíduos ou grupos extremistas a prejudicar o revezamento da tocha olímpica será feito em detrimento, não apenas dos Jogos Olímpicos, como também do espírito olímpico que representa os ideais mais nobres da humanidade", acrescenta a Xinhua.

A agência não menciona especificamente as manifestações realizadas em Paris, citando em alguns trechos Jiang Yu, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, condenando as manifestações na França e na Grã-Bretanha contra a administração chinesa do Tibete.

"Condenamos firmemente as perturbações do revezamento da chama olímpica por grupos separatistas pró-independência do Tibete a despeito do espírito olímpico e das leis francesas e britânicas", informa o porta-voz citado pela agência.

"Suas atividades desprezíveis mancham o nobre espírito olímpico e vão de encontro aos interesses de todos aqueles que, em todo o mundo, apreciam os Jogos Olímpicos", disse.

Comitê pede solução

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, também pediu, nesta segunda-feira, a China que encontre uma solução "rápida e pacifica" para a questão do Tibete. Em Pequim, Rogge condenou as recentes tentativas de interromper o percurso da tocha olímpica como forma de protesto pela independência tibetana, e enfatizou que qualquer ato de violência, independente dos motivos, é incompatível com os valores olímpicos.

Rogge fez as declarações ao abrir o encontro de três dias do Comitê Olímpico nacional na capital chinesa.

AP
AP
Manifestantes protestam em Paris
Enquanto isso, a China chamou de "maldosas" as tentativas de apagar a chama olímpica durante a passagem da tocha por Londres, neste fim de semana.

Sun Weide, porta voz do Comitê dos Jogos Olímpicos de Pequim, disse que os protestos são "obra de alguns tibetanos separatistas" que estariam tentando "sabotar a passagem da tocha". Manifestantes apagaram hoje a tocha olímpica duranta sua passagem por Paris.

A pira chegou à capital francesa na noite de domingo sob forte esquema de segurança para impedir que novos protestos atrapalhem a celebração.

(*Com informações da agência AFP e BBC)

Leia mais sobre: Tibete

    Leia tudo sobre: chinaolímpiadatibete

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG