Militantes pró-Tibete concluem manifestações em Paris

Centenas de manifestantes em favor da causa tibetana foram no início da noite desta segunda-feira para o Muro da Paz, um monumento no centro de Paris, ao fim de uma jornada de mobilização e protesto em ocasião da passagem da chama olímpica pela capital.

AFP |

Os manifestantes, que estavam reunidos desde o início da manhã na Praça Trocadéro, próxima à Torre Eiffel, exibiam seus cartazes com os dizeres "Liberdade para o Tibete" e "Queremos paz e justiça".

O presidente da comunidade tibetana da França, Thupten Gyatso, estava feliz com o "grande sucesso" das manifestações.

Esta marcha se desenvolveu sem maiores incidentes, enquanto que a alguns quilômetros dali, o revezamento da chama terminava após horas de confusão. Confrontos eclodiram entre militantes pró-tibetanos e pró-chineses, próximo ao Estádio Charléty de Paris, ponto final do percurso da tocha olímpica.

Os organizadores da manifestação do Trocadéro haviam pedido aos participantes, dentre os quais vários tibetanos, vindos de Paris e da província, e também de países europeus (Grã-Bretanha e Holanda principalmente) e alguns birmaneses, que evitassem a violência.

À tarde, manifestantes interromperam o revezamento e aumentaram as operações de intervenções rápidas, causando por fim a interrupção forçada do evento.

ao-abm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG