Militante dos direitos humanos Jestina Mukoko libertada no Zimbábue

A militante de direitos humanos Jestina Mukoko foi libertada sob fiança nesta segunda-feira no Zimbábue depois de passar três meses detida, informou sua família.

AFP |

A militante, que continuará com seus movimentos limitados no país, deverá ainda se apresentar à polícia para responder por acusações de complô para derrubar o presidente Robert Mugabe, apesar de alegar inocência.

Diretora da ONG Zimbabwe Peace Project (ZPP), Jestina Mukoko foi capturada em sua casa por homens armados em dezembro passado e detida em segredo durnte várias semanas antes de comparecer à justiça.

Mukoko faz parte de um grupo de militantes dos direitos humanos e é membro do principal partido de oposição, o Movimiento para a Mudança Democrática (MDC).

fj-ale/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG