Militante de ONG e marido encontrados mortos na Chechênia

A diretora de uma ONG de defesa dos direitos humanos e seu marido, sequestrados na segunda-feira em Grozny, foram encontrados mortos na capital da Chechênia nesta terça-feira, informa a agência de notícias russa Interfax, que cita outra ONG do país, Memorial.

AFP |

"Os corpos foram encontrados em Grozny", afirmou à Interfax um membro da diretoria da Memorial, Alexander Cherkassov.

O mesmo dirigente anunciara na segunda-feira que a diretora da ONG "Salvemos a geração", Zarema Sadulaieva, e seu marido haviam sido sequestrados por homens armados não identificados no escritório da organização humanitária.

A ONG "Salvemos a geração" se dedica a ajudar os jovens que vivem na Chechênia na integração com a sociedade, para evitar que entrem para os grupos armados da turbulenta república.

sjw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG