Milionário quer convidar pobres para posse de Obama

Um empresário negro americano pagou um milhão de dólares para alugar 300 quartos em um hotel do centro de Washington, com o objetivo de convidar pessoas de poucos recursos financeiros a acompanhar de camarote a cerimônia de posse do presidente eleito americano, Barack Obama, marcada para o dia 20 de janeiro.

AFP |

Earl Stafford, 60 anos, diretor de uma empresa que faz programas de simulação para o Exército dos Estados Unidos, disse que se inspirou de sua fé cristã e da mensagem de "esperança e mudança" difundida pelo presidente eleito para tomar sua decisão.

Ele explicou que teve esta idéia quando leu em um jornal que o JW Marriott, um hotel localizado na avenida Pensylvannia, entre a Casa Branca e o Capitólio, oferecia um preço fixo de um milhão de dólares para acompanhar a posse de Obama.

Por este preço, Stafford poderá convidar mil pessoas, entre as quais "pelo menos um terço" serão cidadãos marginalizados, pobres ou doentes, "que são um exemplo para a sociedade".

vmt/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG