Milícias que combate a Al-Qaeda passam ao controle do Iraque

Todos os 100.000 milicianos que lutam contra a Al-Qaeda no Iraque, financiados pelo exército americano, passarão ao comando das forças de seguranças iraquianas a partir de 1º de abril, anunciou o comando militar dos Estados Unidos.

AFP |

Como parte de um processo iniciado em 1º de outubro de 2008, 81.773 milicianos já passaram ao controle dos iraquianos em oito províncias do país.

Os últimos milicianos envolvidos na transferência são os da província de Salaheddin, norte de Bagdá.

"O governo iraquiano se prepara para tomar o controle dos 'Filhos do Iraque' (a outra denominação dos chamados "Sahwa") que restam", afirmou um porta-voz militar iraquiano.

Os "Sahwa" (Despertar em árabe) surgiram em 2006 na província de Al Anbar, por iniciativa dos chefes tribais locais, estimulados pelo exército americano.

Estes iraquianos sunitas, muitos antigos insurgentes, se voltaram contra os antigos companheiros e contra a rede terrorista Al-Qaeda. Os americanos contaram com a ajuda deles na estratégia de combate à insurgência.

Financiados pelo exército americano, contribuíram amplamente para a redução da violência no Iraque a partir do segundo semestre de 2007.

kat/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG