Milicianos são mortos em ataque em Bagdá e jornalista é assassinado em Mossul

Bagdá, 17 jun (EFE).- Pelo menos quatro milicianos morreram hoje e dois civis ficaram feridos em um ataque suicida contra um posto de controle das forças de segurança no norte de Bagdá, enquanto um jornalista foi assassinado em Mossul, informaram fontes policiais iraquianas.

EFE |

Um terrorista suicida investiu uma motocicleta carregada com explosivos contra o posto de controle de um Conselho de Salvação, milícias de voluntários sunitas que colaboram com as tropas americanas e iraquianas em sua luta contra a insurgência vinculada à rede terrorista Al Qaeda, acrescentaram as fontes.

Após a explosão, reforços militares e policiais acudiram ao local, no bairro de maioria sunita de Suleij, que foi cercado pelas forças de segurança.

Por outro lado, um jornalista iraquiano foi assassinado hoje em Mossul, a 400 quilômetros ao norte de Bagdá, quando um grupo de homens armados dispararam contra ele ao sair de sua casa no bairro de Al Ziraei, disseram fontes policiais.

Muhyedin al-Naqib trabalhava para a televisão e para a rádio local. EFE ah-nq-ssa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG