Milicianos palestinos disparam foguete contra Israel apesar da trégua

Jerusalém - Milicianos palestinos dispararam hoje a partir da Faixa de Gaza um foguete Qassam contra a cidade israelense de Sderot, no oitavo dia da trégua entre Israel e o movimento islâmico Hamas, informaram fontes militares israelenses.

EFE |

"O foguete foi disparado do norte da Faixa de Gaza, ao redor (da cidade) de Beit Hanoun e caiu cerca de 50 metros do kibutz de Gevim", disse à Agência Efe um porta-voz do Exército.

O foguete não causou danos materiais nem vítimas, acrescentou.

O ataque palestino ocorre no oitavo dia da trégua que Israel e o Hamas decretaram em 19 de junho com a ajuda do Egito, e que foi violada várias vezes desde segunda-feira.

Em virtude do acordo, as milícias palestinas têm que deixar de lançar foguetes Qassam e bombas contra Israel, que deve, por sua vez, suspender suas operações militares na Faixa de Gaza e suspender progressivamente o cerco a Gaza.

Violação do acordo

A primeira violação foi na segunda-feira à noite quando milicianos palestinos dispararam uma bomba contra Israel.

Na terça-feira, três foguetes atingiram diferentes áreas do território israelense ao sul e ao leste de Gaza, em resposta - segundo a Jihad Islâmica - à morte de um de seus líderes em uma operação israelense na Cisjordânia, onde não rege a trégua.

Após este ataque, Israel fechou desde quarta-feira as passagens fronteiriças com a Faixa de Gaza, que tinha aberto três dias antes em virtude do acordo.

Fawzi Barhum, porta-voz do Hamas, reclamou que o fechamento de passagens é uma "flagrante violação da trégua", palavras já usadas na terça-feira pelo primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, ao saber do ataque palestino.

Leia mais sobre : Israel

    Leia tudo sobre: gazaisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG