Gaza, 20 dez (EFE).- Um miliciano das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, o braço armado do Fatah, morreu e outros dois ficaram feridos hoje em um bombardeio aéreo israelense na cidade de Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza, informaram testemunhas e fontes médicas palestinas.

O alvo do ataque era "uma célula de palestinos que se preparava para lançar foguetes Qassam contra o sul de Israel", disse um porta-voz militar israelense.

A vítima fatal foi identificada como Ali Heyazi, de 25 anos.

Um dos dois feridos se encontra em estado grave, disseram fontes médicas de Gaza.

Este bombardeio ocorre um dia depois de termianr a trégua de seis meses entre Israel e Hamas, atingida em junho com mediação egípcia e que só se estendia a Gaza.

Na quinta-feira, as milícias palestinas decidiram por unanimidade não renovar o cessar-fogo, ao considerar que Israel estava descumprindo sua parte do trato.

Durante a interrupção de hostilidades, as milícias palestinas se comprometeram a parar de lançar foguetes e bombas contra as localidades vizinhas em Israel, que devia suspender seus ataques a Gaza e suspender progressivamente o bloqueio a esse território.

Durante os quatro primeiros meses, as duas partes evitaram os confrontos, mas Israel quase não amenizou o cerco a Gaza.

No entanto, no início de novembro, uma operação militar israelense para destruir um túnel que teria sido cavado por milicianos com o objetivo de capturar soldados, incursão que matou seis membros do Hamas, marcou um ponto de inflexão.

Desde então, os grupos armados palestinos dispararam mais de 200 foguetes e bombas contra território isralense, mas sem causar vítimas.

Israel retomou os ataques, que causaram a morte de cerca de 20 palestinos - na maioria milicianos -, e manteve fechadas a maior parte do tempo as passagens fronteiriças.

Hoje, encerrada a trégua, aviões não-tripulados israelenses sobrevoam o norte e o sul da Faixa de Gaza à procura de possíveis alvos, pois Israel retomou esta semana os bombardeios aéreos. EFE sar-ap/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.