Milícia islâmica assume o controle da cidade somali de Barawa

Nairóbi, 16 nov (EFE).- O grupo radical islâmico Al-Shabaab tomou o controle no sábado à noite a cidade portuária somali de Barawa, situada 118 quilômetros ao sudoeste de Mogadíscio, quatro dias após alcançar Merka, localidade estratégica por causa de sua saída para o mar, informou a imprensa local.

EFE |

Os avanços dos insurgentes fizeram com que o presidente da Somália, Abdullahi Yousef, admitisse ontem, em Nairóbi, perante seus parlamentares, que o Al-Shabaab "já controla grande parte do país".

A milícia islâmica, considerada terrorista pelos Estados Unidos devido a seus supostos vínculos com a Al Qaeda, tomou o controle de Barawa sem violência, já que as tropas governamentais abandonaram a cidade quando souberam da chegada dos insurgentes.

Tanto a localidade de Barawa quanto a de Merka, cidade tomada no último dia 12, também sem luta armada, pertencem à região do baixo Shabelle, que rodeia Mogadíscio, o que parece indicar que o Al-Shabaab busca cercar a capital da Somália.

O grupo islâmico é a ala militar da antiga União das Cortes Islâmicas (UCI) que governou a Somália de junho até o final de dezembro de 2006, quando foi expulsa pelas tropas do Governo, com apoio do Exército etíope.

Yousef, que esteve ontem no Quênia em reunião com parlamentares somalis, admitiu que seu Governo fracassou e que, por isso, as milícias têm "capacidade para chegar à capital". EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG