Miliband pede libertação de britânicos sequestrados no Iraque

Londres, 28 mai (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores do Reino Unido, David Miliband, pediu hoje a libertação imediata e incondicional de cinco cidadãos britânicos sequestrados no Iraque há quase dois anos.

EFE |

"Não acho que seja possível imaginar seu calvário ou a angústia que suas famílias e amigos sofreram durante este tempo terrível", afirmou Miliband.

O chefe da diplomacia britânica se declarou "totalmente comprometido" com a conquista da libertação dos sequestrados.

Segundo o titular de Exteriores, uma equipe britânica "trabalha de maneira incansável" com as autoridades iraquianas e os membros da coalizão liderada pelos Estados Unidos para conseguir a liberdade dos reféns.

Os cinco britânicos - um analista de informática e seus guarda-costas - foram capturados no dia 29 de maio de 2007 no Ministério das Finanças iraquiano, situado no centro de Bagdá.

Os seqüestradores vestiam uniformes das Forças de Segurança iraquianas e chegaram em aproximadamente 40 veículos policiais ao Ministério, situado fora da chamada "zona verde" de segurança em Bagdá. EFE pa/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG