Cerca de 12 milhões de salmões vermelhos eram esperados neste verão nas águas do rio Fraser, na província da Columbia Britânica (oeste do Canadá), mas cerca de nove milhões deles simplesmente não chegaram, um desaparecimento que intriga os especialistas, relatou a imprensa canadense nesta quinta-feira.

O jornal Globe and Mail, citando dados do Ministério de Pesca e Oceanos, fala em "crise" e prevê uma "catástrofe" para as tribos indígenas das margens do rio Fraser, muitas das quais vivem principalmente da pesca.

De acordo com o Ministério, houve apenas 1,7 milhão de salmões vermelhos nesta temporada, quando as estimativas calculavam entre 10,6 e 13 milhões de peixes.

Um oficial do ministério, Barry Rosenberger, acredita que os peixes provavelmente morreram durante sua migração a partir do mar, por um motivo que permanece ainda pouco claro.

Alguns especialistas citam os criadores de salmão, que poderiam ter passado algum parasita para os peixes. No entanto, mesmo que esta hipótese seja confirmada, não poderia explicar um desaparecimento tão grande.

Por sua vez, o canal de TV CBC destacou que, independente da causa do desaparecimento do salmão vermelho, o preço do animal deverá sofrer um aumento dramático.

via/fb/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.