PEQUIM - As inundações e colheitas com resultados muito pobres originaram a pior crise alimentícia na Coréia do Norte desde os anos 90, informou nesta quarta-feira o Programa Mundial de Alimentos (PAM).

Segundo a Organização do sistema das Nações Unidas, após as inundações de 2007 ocorreram colheitas muito deficientes, o que elevou o risco de crise de fome para uma população de milhões de pessoas que já sofre com a falta de alimentos.

"A última vez que a situação foi tão grave e tão estendida no país foi na década de 90", disse hoje Jean-Pierre de Margerie, diretor do PAM para a Coréia do Norte.

Margerie anunciou ainda que uma campanha internacional será lançada para arrecadar fundos para enviar alimentos à Coréia do Norte.

Leia mais sobre: Coréia do Norte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.