Milhares são retirados por causa de inundações na Austrália

Chuvas isolam pessoas e fazem rios transbordar no sudeste do país

iG São Paulo |

As autoridades da Austrália ordenaram neste sábado a retirada de milhares de australianos no noroeste de Sidney e no Estado de Nova Gales do Sul, sudeste do país, depois que fortes chuvas provocaram a cheia de rios e arroios.

O Serviço de Emergência indicou que as enchentes afetam três quartas partes do Estado de Nova Gales do Sul, onde 3.500 pessoas receberam a ordem de abandonar suas casas e outras 2.300 ficaram isoladas. "Não há precedentes a quantidade de água que caiu nem a duração destas chuvas", disse o comissário do Serviço de Emergência, Murray Kear.

Vários dias de intensas precipitações provocaram o transbordamento do rio Macquarie, que interrompeu a principal estrada entre Sydney e o oeste de Nova Gales do Sul.

A represa de Warragamba, que fornece água potável a Sydney, teve de abrir comportas na noite de ontem depois que a água alcançou o limite de sua capacidade pela primeira vez em 14 anos.

O comissário Kaer indicou que os rios Hawkesbury e Nepean já alcançaram os sete metros, mas que com as novas previsões de chuva se prevê que subam até 11 metros nas próximas 48 horas.

EFE
A represa de Warragamba, em Sydney, teve de abrir comportas ao alcançar seu limite máximo pela primeira vez em 14 anos

* Com informações da EFE e da AFP

    Leia tudo sobre: AustráliaSidneyinundaçõeschuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG