Milhares recebem crianças do filme vencedor do Oscar na Índia

Uma grande multidão recebeu como heróis, nesta quinta-feira, as crianças que trabalharam no filme vencedor de oito Oscars Quem Quer Ser Um Milionário? , produção britânica rodada na Índia com atores de Mumbai. O filme conta a história de um menino pobre de uma favela de Mumbai que fica rico ao vencer um programa de TV de perguntas de conhecimentos gerais.

BBC Brasil |

As três crianças que interpretaram os protagonistas durante a infância foram levadas a Los Angeles para participarem da cerimônia de entrega do Oscar no domingo.

Dois deles, Azharuddin Mohammed Ismail e Rubina Ali, ainda moram nas favelas da zona oeste de Mumbai.

Os atores foram recebidos com flores e carregados pela multidão no aeroporto de Mumbai. Segundo o correspondente Zubair Ahmed, as cenas em volta do aeroporto de Mumbai eram de euforia, com centenas de amigos, fãs e familiares empurrando e gritando para ver as crianças, enquanto a polícia tentava manter o controle.

O compositor AR Rhaman, que ganhou o Oscar pela música tema do filme, Jai Ho,
e pela trilha sonora do longa, também foi recebido como herói no aeroporto de sua cidade natal, Chennai, no sul da Índia. Ele mostrou as duas estatuetas que ganhou para os fãs reunidos no aeroporto.

Em Mumbai, multidão cantou a música tema do filme na chegada das crianças.

As crianças saíram do aeroporto abraçadas e acenaram para a multidão antes de entrarem em carros que as levaram para suas casas. Rubina Ali, de 9 anos, levava um coelho de pelúcia nos braços.

"Este é o momento de maior orgulho de nossas vidas. Não acredito que minha filha ficou famosa no mundo inteiro", disse Rafiq Asghar Ali Quereshi, pai de Rubina.

De acordo com o correspondente da BBC Prachi Pinglay, o tumulto continuou enquanto Azharuddin Ismail, de 10 anos, e Rubina Ali voltavam para a favela onde vivem.

Um dos barracos foi danificado pela multidão e Azharuddin teve que ser levado para a casa de um parente, por motivos de segurança. O pai do jovem ator sofre de tuberculose, segundo o correspondente Zubair Ahmed.

Houve protestos quando foi descoberto que Rubina Ali ainda vive em um barraco de um cômodo com a família, enquanto a casa da família de Azharuddin foi demolida recentemente.

Os produtores do filme negaram as acusações de exploração das crianças, afirmando que elas receberam pagamentos acima da média local e que foram criados fundos para pagar pela educação delas. Os produtores também informaram que as crianças foram matriculadas em uma escola pela primeira vez.

O governo da Índia também informou que vai dar às famílias dos atores casas de graça, acrescentando que as crianças "trouxeram fama ao país".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG