Milhares realizam passeata por independência da Caxemira indiana

Por Sheikh Mushtaq SRINAGAR, Índia (Reuters) - Agitando bandeiras islâmicas verdes e gritando queremos liberdade, centenas de milhares de muçulmanos realizaram uma passeata pacífica na principal cidade da Caxemira indiana, Srinagar, na sexta-feira, em um dos maiores protestos das últimas duas décadas contra o governo da Índia.

Reuters |

Centenas de caminhões e ônibus transportaram os manifestantes, muitos dos quais sentados no topo dos veículos ou dependurados para fora de janelas, a fim de participarem da passeata pró-independência. No evento, discursaram vários líderes separatistas.

'Não há outro Deus senão Alá' e 'forças indianas, retrocedam', gritavam os manifestantes.

O que se iniciou como uma disputa de terra para peregrinos hindus que visitavam um santuário na Caxemira cresceu para transformar-se, neste mês, em uma série de grandes protestos de oposição à Índia, fortalecendo os separatistas que desejam a independência do único Estado indiano majoritariamente islâmico.

Policiais e soldados vestidos com uniformes de combate patrulhavam as ruas enquanto cerca de 350 mil manifestantes chegavam de cidades e vilarejos da região, disseram autoridades.

'A mobilização de hoje representa um referendo. Os moradores da Caxemira desejam exercer seu direito inalienável à autodeterminação', afirmou em um discurso Mirwaiz Umar Farooq, presidente da Conferência Hurriyat (Liberdade) de Todos os Partidos.

Milhares de pessoas aglomeraram-se nas laterais das ruas percorridas pelos manifestantes a fim de aplaudi-los e oferecer-lhes comida, água e suco.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG