ditadura religiosa no Irã - Mundo - iG" /

Milhares protestam em Paris contra ditadura religiosa no Irã

Paris, 20 jun (EFE).- Dezenas de milhares de pessoas, segundo os organizadores, protestaram hoje nos arredores de Paris contra a ditadura religiosa e a repressão no Irã e para se solidarizar com o levante da oposição nesse país.

EFE |

"Os verdadeiros vencedores das eleições organizadas pelo regime (iraniano) somos nós", disse Maryam Rajavi, a presidente do Conselho Nacional da Resistência Iraniana (CNRI), a organização que convocou os atos.

O protesto transcorreu sem incidentes em Villepinte, arredores da capital francesa, onde fica a sede do Conselho, braço político da Organização dos Mujahedins do Povo do Irã (OMPI).

Durante o ato, no qual participaram exilados iranianos que viajaram de diferentes países europeus, Rajavi pronunciou um discurso durante o qual reiterou seu pedido para que seja convocado um novo processo eleitoral no Irã que seja "livre" e esteja controlado pela ONU.

A líder da resistência iraniana insistiu na necessidade de acabar com "a ditadura religiosa e com todas as instituições repressivas", perante as cerca de 90 mil pessoas reunidas no local para apoiar o povo iraniano.

A concentração nas proximidades de Paris aconteceu no mesmo dia em que o Conselho de Guardiães iraniano anunciou a recontagem de 10% das urnas presentes nas eleições de 12 de junho. A oposição denuncia fraudes no processo eleitoral.

Desde que veio a público a surpreendente vitória do presidente, Mahmoud Ahmadinejad, a oposição convoca diariamente manifestações grandes, algumas das quais originaram sérios confrontos entre as forças da ordem -apoiadas por milicianos islâmicos Basij- e grupos de manifestantes. EFE pi/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG