Mais de 6.000 manifestantes, segundo a polícia, e 25.000, segundo os organizadores, protestaram em Paris neste sábado contra a ofensiva israelense na Faixa de Gaza.

A manifestação, que saiu da praça da República, doi convocada pelo "Coletivo nacional por uma paz justa entre palestinos e israelenses", que reúne asociações, partidos políticos de esquerda e sindicatos.

Manifestantes carregavam cartazes com os dizeres "Parem o massacre, sanções contra Israel". Participaram, entre outros, o líder da Liga Comunista Revolucionária (trotskistas), Olivier Besancenot, e a líder do Partido Comunista francês, Marie-George Buffet.

Outros protestos aconteceram neste sábado nas cidades francesas de Lyon (centro-leste), Marselha (sudeste) e Toulouse (sudoeste).

ll-def/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.