Milhares fogem de inundações na Austrália

Primeira-ministra de Queensland, Anna Bligh, advertiu que crise provocada por enchentes pode durar semanas

AFP |

AP
Pessoas são resgatadas em Queensland
Milhares de pessoas se preparam para abandonar suas casas e fugir das inundações sem precedentes que devastam o nordeste da Austrália.

A primeira-ministra do Estado de Queensland, Anna Bligh, advertiu que a crise pode durar vários dias e até semanas, depois que centenas de habitantes se abrigaram em centros de emergência.

"É um desastre de uma amplitude sem precedentes", declarou à imprensa. "A situação é muito difícil para muitas pessoas, que foram obrigadas a abandonar suas casas, e isto pode durar", completou.

As chuvas torrenciais nesta região agrícola e de mineração foram provocadas pelo ciclone Tasha, que cruzou a área na semana passada.

A gigante da mineração Rio Tinto declarou "estado de força maior" em quatro minas de carvão. As plantações de algodão e cana-de-açúcar ficaram alagadas. O estado de catástrofe natural foi declarado em várias regiões de Queensland.

    Leia tudo sobre: AustráliaInundaçõesClima

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG