Milhares deixam casas nos EUA por ameaça de enchentes

Milhares de pessoas foram avisadas a deixar suas casas no meio oeste americano, em meio a ameaças de enchentes provocada pelas maiores cheias no rio Red em 112 anos. Em Fargo, no Estado de Dakota do Norte, as águas romperam um dique, numa área onde cerca de 400 pessoas já haviam deixado suas casas.

BBC Brasil |

Na cidade vizinha de Moorhead, as autoridades locais querem a retirada dos moradores de 2.660 casas para se preparar para as possíveis enchentes.

A região vem sofrendo com fortes chuvas e neve.

Uma grande operação foi acionada para tentar impedir que os rios transbordem e provoquem danos ainda maiores.

Mais de dois milhões de sacos de areia estão sendo usados na cidade de Fargo para construir uma barreira de 20 quilômetros ao lado do rio e proteger cerca de 90 mil pessoas que vivem no local.

Explosivos estão sendo usados para romper blocos de gelo gigantes que estão bloqueando o fluxo do rio e provocando uma elevação ainda maior das águas.

O nível do rio Red já está sete metros acima do seu nível de transbordamento, mas as águas continuam subindo.

As autoridades esperam que o rio atinja seu nível máximo nas próximas 48 horas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG