Milhares de pessoas se manifestam em Roma contra Berlusconi

Roma - Dezenas de milhares de pessoas se reuniram neste sábado nas ruas de Roma e no Circo Máximo, convocadas pelo principal partido da oposição, o Partido Democrático, para protestar contra a política do Governo conservador do primeiro-ministro, Silvio Berlusconi.

EFE |

EFE
Seguidores do Partido Democrático protestam
A participação ultrapassou as previsões do Partido Democrático, já que o Circo Máximo, próximo ao Coliseu, se encheu uma hora depois de começarem a caminhar as duas manifestações que deviam terminar nesse lugar.

Por esse motivo, muitos manifestantes estavam parados nos dois caminhos previstos para ir ao Circo Máximo, onde deve haver um discurso do líder do Partido Democrático, Walter Veltroni.

"Pelas notícias que tenho, a de hoje é a maior manifestação de um partido desenvolvida há anos na Itália", disse Veltroni aos jornalistas.

Veltroni lembrou que, em uma manifestação liderada em 2006 por Berlusconi contra o Governo anterior de Romano Prodi, os organizadores disseram que havia 2 milhões de pessoas, para depois acrescentar: "pois calculem vocês agora".

Até o momento, o protesto ocorre com tranqüilidade, e os manifestantes gritam palavras de ordem contra Berlusconi e seu Governo, assim como músicas populares tradicionais da esquerda italiana.

Na manifestação, também havia cartazes com o nome do candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, cujo lema para as eleições "Yes, We Can" (Sim, Nós Podemos) é muito parecido ao usado por Veltroni "Si può fare" (Sim podemos fazer) no pleito de abril, quando Berlusconi obteve a maioria absoluta.

Leia mais sobre: manifestação em Roma  - Berlusconi

    Leia tudo sobre: berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG