Milhares de pessoas recebem chama olímpica no sul da China

Milhares de pessoas com bandeiras chinesas, entre elas um grande número de celebridades, receberam a tocha olímpica em Sanya, no sul da China, tentando esquecer os protestos que marcaram a passagem da chama por vários países.

AFP |

Em meio a um forte esquema de segurança, o campeão olímpico de patinação de velocidade Yang Yang foi o primeiro a levar o símbolo dos Jogos Olímpicos à Pequim, seguido pelo jogador de basquete da NBA Yi Jianlian e por Zhang Zilin, primeira chinesa a ser eleita Miss Mundo em 2007.

Simples problema técnico para uns, sinal de mau agouro para os mais supersticiosos, a chama se apagou por um momento e teve que ser reacendida pelos guardas chineses, nos primeiros minutos do revezamento.

"A chama olímpica não pertence exclusivamente à China, pertence aos povos do mundo", afirmou o patinador, que ganhou duas medalhas de ouro nos jogos olímpicos de inverno de 2002. Ele se declarou "nervoso e entusiasmado" por ter carregado a tocha.

Também participaram do revezamento o ator de filmes de kung-fu Jackie Chan e a atriz Zhang Ziyi.

A tocha passou no sábado pela cidade chinesa de Macau (sul), onde milhares de pessoas acompanharam seu percurso, no dia seguinte de um revezamento tranqüilo em Hong Kong, que marcou a chegada do símbolo olímpico ao território chinês.

A partir de Sanya, capital da ilha meridional de Hainan, o percurso da tocha segue por mais de 100 etapas antes do início dos Jogos. A chama passará pelo Tibete e pela região de Xinjiang (noroeste), onde nas últimas semanas foram registrados violentos protestos contra o governo chinês.

Líderes tibetanos no exílio afirmaram que a passagem da tocha pelo Tibete seria um "insulto ao povo" considerando a situação.

No entanto, além de organizar o revezamento em junho pela capital tibetana, Lhasa, a China prepara a passagem da chama olímpica pelo monte Everest, que fica em território tibetano, nos próximos dias.

str-mbx/ap/nh/

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG