Milhares de pessoas marcham em Manila contra acordo militar com os EUA

MANILA - Milhares de pessoas se manifestaram neste domingo em Manila, por causa do Dia da Mulher, contra o acordo de cooperação militar entre Filipinas e Estados Unidos, que qualificaram de abusivo contra as mulheres.

EFE |

A marcha, convocada pelo grupo ativista "Gabriela", se dirigiu de maneira pacífica pelas ruas da capital filipina em direção à praça de Mendiola, próximo à residência presidencial, o Palácio de Malacañang.

Segundo disse à imprensa a secretária-geral do grupo, Emmi de Jesus, "não há melhor momento que o Dia da Mulher para que milhares de filipinas deem um passo adiante e reivindiquem a dignidade da mulher e defendam a soberania nacional contra a intervenção dos EUA".

Emmi acrescentou que o protesto procura acabar com as relações com o governo dos EUA que são desfavoráveis para as Filipinas. O grupo feminista considera negativo para o país o Acordo de Forças Visitantes assinado entre Manila e Washington, em vigor desde 1999, que permite aos EUA ter a jurisdição sobre pessoal militar americano acusado de cometer delitos nas

Leia mais sobre Dia Internacional da Mulher

    Leia tudo sobre: dia da mulher

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG