O Pentágono mobilizará milhares de militares para ajudar as demais forças da ordem a proteger Washington de atentados durante a cerimônia de posse do presidente eleito Barack Obama, informou o general Gene Renuart, do Comando Norte dos Estados Unidos.

No dia 20 de janeiro, 7.500 militares e 4.000 guardas nacionais vão se integrar às operações de segurança.

Unidades especiais também estarão preparadas para intervir em caso de ataque com armas químicas.

hc/cel/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.