Milhares de manifestantes judeus ultraortodoxos, em protesto contra a detenção de um deles, entraram na noite desta quinta-feira em confronto com a polícia israelense em Jerusalém pelo terceiro dia consecutivo.

Segundo o porta-voz da polícia, Shmuel Rubi, alguns agentes foram feridos por pedras. Várias pessoas foram presas.

Os manifestantes haviam se concentrado no centro do bairro religioso de Mea Shearim.

ms/jac/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.