Mais de 14.000 pessoas se manifestaram neste sábado nas imediações do centro de armazenamento de Gorleben, norte da Alemanha, onde na segunda-feira devem chegar 123 toneladas de resíduos nucleares reprocessados na França, anunciou a polícia neste sábado.

Segundo os organizadores da manifestação, 16.000 militantes ecologistas denunciaram o transporte desses dejetos, bloqueados há várias horas na fronteira franco-alemã por três ativistas alemães.

"Esta mobilização pacifista, com mais de 350 tratores, reflete o renascimento do movimento antinuclear na Alemanha", declarou Jochen Stay, porta-voz da Associação X-Tausendmalquer, promotora do protesto.

Três militantes alemães, acorrentados a um bloco de concreto na via férrea, continuam bloqueando a passagem do comboio na fronteira entre Alemanha e França.

Foram tomadas medidas para evacuá-los a fim de possibilitar a viagem dos resíduos.

A passagem do comboio por território francês também deu lugar a duas manifestações.

lfn-pan/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.