Milagre no Hudson: todos sobrevivem à queda de avião em Nova York

Um avião da companhia aérea US Airways, com 155 pessoas a bordo, caiu nesta quinta-feira no Hudson, e todos seus ocupantes foram evacuados depois que o aparelho conseguiu pousar, de forma espetacular, nas geladas águas do rio.

AFP |

O avião Airbus 320, com 150 passageiros e cinco tripulantes, fazia o trajeto entre o aeroporto La Guardia, de Nova York, e Charlotte, na Carolina do Norte, disseram as autoridades.

Todos os ocupantes foram resgatados, enquanto o avião permanecia flutuando na água. Não houve mortos. O presidente da empresa, Doug Parker, confirmou que as 155 pessoas que estavam a bordo "estão bem e já fora do avião".

Ao que parece, a causa do acidente foi o impacto de um, ou vários pássaros na nave, anunciou a porta-voz da Autoridade Federal de Aviação (FAA), Laura Brown, acrescentando que ainda se desconhece a razão exata do acidente.

"Estou certo de que todos conseguiram sair", disse à rede CNN Alberto Panero, um dos passageiros. "Todos conseguiram sair na balsa", acrescentou.

AP
Avião caiu poucos minutos após decolar no aeroporto de La Guardia

Avião caiu poucos minutos após decolar no aeroporto de La Guardia

Ele contou que, antes de cair na água, ouviu-se um baque. "Começou a sair um cheiro de queimado, e o avião começou a girar na outra direção".

"De cara, o piloto disse 'preparem-se para uma batida' e, aí, entendemos que íamos bater na água", contou.

Testemunhas relataram que o avião provocou um grande deslocamento de água ao atingir a superfície.

Mais de meia hora depois do acidente, o aparelho continuava afundando lentamente nas águas do rio que banha o lado oeste da ilha de Manhattan, que em setembro de 2001 foi testemunha dos atentados provocados pela rede terrorista Al-Qaeda, que seqüestrou aviões comerciais, explodindo-os nas Torres Gêmeas do World Trade Center.

As autoridades já anunciaram que se tratou de um acidente, e não de um atentado.

Embarcações de resgate e helicópteros se aproximaram, imediatamente, do avião da US Airways, na altura da 48th Street de Manhattan, e iniciaram uma das operações de resgate mais espetaculares e bem-sucedidas da história da Aviação.

Várias pessoas podiam ser vistas paradas sobre as asas do avião com coletes salva-vidas, enquanto eram resgatadas pelas embarcações que cercaram a aeronave.

Os ocupantes foram rapidamente evacuados para os hospitais de Nova York, a bordo dos ferries que participaram da operação de resgate.

Segundo Laura Brown, o avião "fez um giro para a esquerda, após decolar (do aeroporto de La Guardia) e caiu no rio Hudson". O avião permaneceu no ar menos de três minutos, até cair na água, acrescentou a porta-voz.

O avião foi rebocado vazio para a costa pelos serviços de socorro.

Mapa aponta o aeroporto de La Guardia e o local da queda do avião


Exibir mapa ampliado

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG