Mil policiais farão segurança da parada gay de São Paulo

São Paulo, 12 jun (EFE).- Pelo menos mil policiais farão no próximo domingo a segurança da 13ª Parada do Orgulho Gay de São Paulo, informou hoje a Secretaria de Segurança Pública paulista.

EFE |

A parada é maior manifestação deste tipo no mundo e, segundo os organizadores, deve receber 3,5 milhões de pessoas, entre ativistas e simpatizantes.

O esquema de segurança ficará a cargo das Polícias Civil e Militar, que dividirão seus efetivos entre a Avenida Paulista, onde começará a caminhada, e a praça Roosevelt, ponto final do percurso.

A parada sairá do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e terá cerca de oito horas de duração.

A Guarda Civil Metropolitana complementará o trabalho policial com a fiscalização das vendas de bebidas, a repressão ao comércio de drogas e o controle do trânsito.

A capital paulista deve receber cerca de 400 mil turistas que deixarão quase R$ 200 milhões na cidade. EFE wgm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG