Moscou, 12 jul (EFE).- O ex-primeiro-ministro russo Mikhail Kasianov foi reeleito hoje presidente de União Popular Democrática da Rússia (UPDR), no quarto congresso dessa formação opositora, realizado nos arredores de Moscou.

Kasianov foi reeleito por unanimidade, com os votos dos 112 delegados presentes no ato, informou a agência "Interfax".

Em seu relatório ao congresso, o ex-primeiro-ministro fez uma chamada para consolidar as forças democráticas do país e fazer frente à política das autoridades da Rússia, às quais acusou de destruir os "pilares do sistema constitucional do país.

O chefe do Governo russo entre 2001 e 2004, durante o primeiro mandato presidencial do atual primeiro-ministro, Vladimir Putin, disse que "a Rússia não é mais um Estado democrático, socialmente orientado, como afirma o primeiro capítulo da Constituição".

As autoridades eleitorais negaram a Kasianov a inscrição de sua candidatura para as eleições presidenciais realizadas em 2 de março deste ano e vencidas por Dmitri Medvedev, atual chefe do Estado. EFE bsi/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.