ROMA (Reuters) - Os jornais italianos ironizaram o primeiro-ministro Silvio Berlusconi na sexta-feira por ter assustado a rainha Elizabeth ao dar um grito para o presidente norte-americano após a foto de grupo dos líderes do G20. Imagens da televisão mostram Berlusconi na parte externa do grupo, gritando Sr. Obama! É Berlusconi!

As imagens mostram a rainha assustada com o grito. Ela se volta, como se quisesse ver de onde vem o barulho, e faz um comentário com uma mão erguida.

Um porta-voz do Palácio de Buckingham se negou a repetir o que a rainha disse e fez pouco do incidente, dizendo "nenhum dos lados se sentiu ofendido". Ainda segundo o porta-voz, a clima era de diversão e brincadeira no momento em que a foto de grupo foi feita.

O gabinete de Berlusconi divulgou um comunicado dizendo que o premiê "não disse a respeito do presidente Obama o que lhe é atribuído pelas agências de notícias".

Berlusconi, magnata de mídia de 72 anos que cumpre seu terceiro mandato como premiê e é altamente cotado nas pesquisas de opinião, tem um histórico de gafes diplomáticas, tendo duas vezes recentemente feito referência à cor da pele de Obama - ou seu "bronzeado", nas palavras do líder italiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.