Microsoft retira sua oferta de compra sobre o Yahoo!

Washington (EUA), 3 mai (EFE).- O gigante da informática Microsoft decidiu retirar sua oferta de compra sobre o Yahoo!, após vários meses de rejeição desta companhia que incluiu a ameaça de lançar uma oferta pública de aquisição hostil pelo controle da portal de internet, informaram fontes oficiais.

EFE |

Segundo um comunicado, a Microsoft retirou sua proposta apesar de pouco antes ter aumentado sua oferta em US$ 5 bilhões, para US$ 47,5 bilhões.

"Apesar de nossos melhores esforços, o Yahoo! não aceitou nossa oferta", afirmou Steven Ballmer, presidente-executivo da Microsoft.

O gigante americano elevou de US$ 31 para US$ 33 por ação sua oferta, mas aparentemente o Yahoo! queria US$ 37 por título, segundo a nota, que inclui uma carta de Ballmer a Jerry Yang, presidente do Yahoo! Ballmer ressalta em sua carta que após ter mantido um cuidadoso estudo das exigências do Yahoo!, tinha se decidido retirar a proposta por ser "o melhor para os acionistas da Microsoft, seus empregados e outros acionistas".

A Microsoft lançou no dia 31 de janeiro uma oferta de US$ 44,6 bilhões, US$ 31 por título, para adquirir o Yahoo! No entanto, a Microsoft se comprometeu a pagar parte da quantidade com ações próprias cujo preço se desvalorizou cerca de 10% por causa da queda da bolsa desde então. EFE cd/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG