Microsoft lança sistema para disputar mercado com Wii da Nintendo

Fernando Mexía. Los Angeles (EUA.), 1 jun (EFE).

EFE |

- A Microsoft anunciou hoje em Los Angeles um revolucionário sistema de captura de movimentos que permite ao usuário dispensar o tradicional joystick do videogame e jogar com o corpo.

O sistema, chamado Project Natal, se encontra em fase final de desenvolvimento após dois anos de trabalho, embora a versão definitiva da ferramenta possa variar, segundo informou à Agência Efe o vice-presidente do Xbox 360 Europa, Chris Lewis.

"Estamos redefinindo a maneira como as pessoas entendem o entretenimento", afirmou Lewis em relação a um sistema que parece tirado de um filme futurista.

A tecnologia da Microsoft foi elogiada pelo cineasta Steven Spielberg, que afirmou que se travava de algo "histórico".

O sistema funciona através do reconhecimento dos movimentos corporais, da voz e do rosto dos usuários e representa uma evolução em comparação com o desenvolvido pelo Wii da Nintendo, que, em 2006, mudou a maneira de jogar graças ao joystick sem fio com sensor de movimento.

"O Xbox 360 sabe quem você é, reconhece seu rosto e permite que interaja no console com o uso das mãos, dos pés, do corpo inteiro simplesmente para selecionar no menu o filme que quer ver e a forma como quer jogar", explicou Lewis.

Desta forma, o usuário poderá gritar uma resposta em um jogo de conhecimento e o console saberá identificar o jogador, usar as mãos para pintar, dirigir, brigar ou treinar o corpo inteiro através de programas de agilidade.

"Trata-se de derrubar barreiras, trata-se de diversão, de como as pessoas se relacionam com o Xbox 360, embora isto não queira dizer que o joystick tradicional vá desaparecer. Seguirá sendo uma ferramenta fundamental de como as pessoas interagem com o console", assegurou.

O diretor da Microsoft afirmou que ainda não foi marcada uma data de lançamento do produto e também não quis antecipar detalhes sobre o preço que terá no mercado, mas insistiu em que será "totalmente compatível com todos os sistemas do Xbox".

Nem mesmo a denominação Project Natal seria o nome definitivo do sistema, e Lewis negou que a referência ao Natal fosse um indicativo da época do ano na qual o produto estaria à venda.

A apresentação de sensores de movimento dos Xbox tinha sido uma das principais especulações que circulavam pela internet durante as últimas semanas, apesar de os boatos que apontavam para um console portátil da Microsoft como o PSP da Sony ou o DSi da Nintendo terem provado não ter fundamento.

O Project Natal ajudará o Xbox a disputar diretamente com a Nintendo os usuários esporádicos de videogames, que levaram o Wii da empresa japonesa a liderar o setor em pouco tempo.

Além do hardware, a Microsoft anunciou hoje a integração das redes sociais Facebook e Twitter para compartilhar em tempo real as impressões ou resultados do usuário através da plataforma da internet Xbox Live, que começará a oferecer uma coleção de filmes em alta definição sem necessidade de download.

A empresa também conseguiu um acordo com a emissora digital Last.fm para ter acesso ao catálogo musical do site, embora as canções não estejam disponíveis para ser ouvidas em reprodutores portáteis.

A chegada destes serviços será gradativa e começará no segundo semestre, mas ainda não foi definida uma data para o lançamento na América Latina.

O evento serviu para lançar novos jogos para Xbox, entre eles "The Beatles Rock Band" cuja apresentação contou com a presença de Paul McCartney, Ringo Star, Olivia Harrison e Yoko Ono.

"Adorei, é fantástico", afirmou McCartney sobre este programa, que segue a esteira dos "Rock Band" anteriores e permite aos jogadores imitar o grupo de Liverpool.

Outros títulos esperados incluíram uma prévia de "Metal Gear Solid" para Xbox, "Alan Wake", "Halo 3", "Modern Warfare 2" ou "Forza Motorsport 3".

O evento da Microsoft foi uma prévia da feira E3, que começará amanhã em Los Angeles. EFE fmx/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG