vodca e mulheres - Mundo - iG" /

Mickey Rourke afirma estar feliz em Moscou, pois tem vodca e mulheres

Moscou, 11 mar (EFE).- O ator Mickey Rourke afirmou hoje que está muito à vontade em Moscou, aonde chegou na segunda-feira para promover o filme O Lutador, já que, na capital russa, tem vodca e mulheres.

EFE |

"Gosto de estar em Moscou, aqui estou à vontade, as pessoas são amistosas e respeitosas. Às vezes, gosto de falar com as pessoas.

Aqui tenho muitos amigos americanos com os quais cultivo uma amizade", afirmou o ator em entrevista coletiva, citado pela agência oficial "RIA Novosti".

Rourke acrescentou: "Aqui tenho vodca, mulheres, me dedico a qualquer bobagem, não sou como Tom Cruise, que esteve todo o tempo trancado no hotel", em referência à recente estadia do ator americano na capital russa, onde apresentou o filme "Operação Valquíria".

Entre os planos de Rourke, indicado ao Oscar de melhor ator na última edição do prêmio pelo papel em "O Lutador", consta a visita a uma prisão russa, já que, possivelmente, será o tema de uma das futuras produções nas quais participará.

Quanto a seu papel em "O Lutador", no qual interpreta Randy "The Ram" Robinson, um boxeador que se vê obrigado a deixar os ringues após sofrer um infarto e que tenta encontrar um novo sentido para a sua vida, o ator admitiu que é parecido com sua própria biografia.

Rourke ficou cerca de dez anos sem participar praticamente de nenhum filme e "O Lutador", do diretor Darren Aronofsky, foi seu retorno triunfal às telas.

"Este é o filme mais difícil que fiz e o melhor", acrescentou o astro.

Quanto ao fato de não ter ganhado a estatueta de melhor ator da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, o ator brinca: "O que mais me preocupa não é o Oscar, mas meu cachorro", declarou o ator, conhecido por ser um grande fã dos chihuahuas.

Boa parte do cachê recebido pelo ator pelo filme deve ser destinado a pagar suas dívidas.

"Primeiro vêm os impostos. Durante 15 anos, não tive dinheiro, por isso queria aproveitar a oportunidade para saldar minhas dívidas com o Estado e pagar os impostos", explicou. EFE egw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG