Michelle Pfeiffer diz que Hollywood aceita melhor envelhecimento de astros

Londres, 14 fev (EFE).- A atriz Michelle Pfeiffer, de 50 anos, conseguiu que sua carreira não tenha perdido o fôlego com o tempo, e acredita que atualmente já não é verdade que as mulheres maduras não possam trabalhar em Hollywood.

EFE |

"Os 50 são os novos 30 para as mulheres", diz Pfeiffer em entrevista à emissora britânica "BBC" por ocasião da apresentação no Festival de Berlim de "Chéri", filme no qual volta a trabalhar com Stephen Frears duas décadas depois de "Ligações perigosas".

A atriz interpreta uma mulher madura que, como todas as da belle époque, tem um amante muito mais jovem, uma circunstância que, conforme afirmou na entrevista, "felizmente já é melhor aceita na sociedade".

Pfeiffer considera que a idade já não é obstáculo para seguir se desenvolvendo pessoal e profissionalmente.

"A sociedade parece que está cada vez mais obcecada com a juventude e a beleza, mas, ao mesmo tempo, parece que há mais oportunidades para as mulheres", diz a atriz.

"Sinto que há menos pressão para provar o que sou. Tenho sorte de poder escolher e de viver a vida que vivo, podendo combinar família e trabalho", diz.

"Tenho um trabalho do qual gosto e não há um dilema entre ir trabalhar e estar com a família. Posso fazer as duas coisas", acrescenta. EFE fpb/db

    Leia tudo sobre: festival de berlimmichelle pfeiffer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG