Michelle Obama e Hillary homenageiam negra que lutou contra escravidão

Washington, 28 abr (EFE).- Michelle Obama e Hillary Clinton homenagearam Sojourner Truth, uma das primeiras mulheres negras que lutaram contra a escravidão nos Estados Unidos e que ganhou hoje uma estátua na Galeria da Emancipação do Capitólio.

EFE |

O espaço está reservado às grandes personalidades do país, e Truth será a primeira negra a receber esta honra.

A primeira-dama lembrou de suas origens e destacou que ela, que agora é o rosto mais visível dos Estados Unidos, também veio de uma família que foi vítima da escravidão gerações atrás.

"Espero que Sojourner Truth esteja orgulhosa de me ver, uma descendente de escravos, servindo como a primeira-dama dos Estados Unidos", disse.

Michelle destacou o legado de Truth, que, apesar de ser escrava, lutou pela abolição e pelos direitos das mulheres, e teve a oportunidade de conhecer o presidente Abraham Lincoln em 1864 e Ulysses Grant em 1870.

Pensando no legado da abolicionista e no que representou para as gerações futuras o esforço de pessoas como Truth, a primeira-dama assegurou: "Estamos apoiados nos ombros de gigantes como Sojourner Truth".

Hillary coincidiu com essa opinião e assegurou que os americanos chegaram onde chegaram "graças às barreiras que conseguiram derrubar e aos caminhos que ajudaram a forjar e abriram sozinhos".

Junto à primeira-dama e à secretária de Estado, também estiveram presentes na homenagem a porta-voz da Câmara de Representantes, Nancy Pelosi, estudantes e a atriz Cicely Tyson. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG